Imprimir
Noticias

Abertura de Concurso Estímulo ao Emprego Científico Individual - 3.ª Edição

 

Abertura de Concurso Estímulo ao Emprego Científico Individual - 3.ª Edição

Informamos que foi publicado o aviso de abertura do Concurso de Estímulo ao Emprego Científico Individual 3ªedição, que financiará 300 contratos, com duração máxima de 6 anos, com investigadores doutorados, em todos os domínios científicos, que pretendam desenvolver a sua actividade de investigação científica em Portugal, integrados em unidades de I&D financiadas pela FCT. 


Consideram-se as seguintes categorias de referência:
a. Investigador júnior (nível 33 da tabela remuneratória única): doutorados há 5 anos ou menos, com experiência de investigação pós-doutoral reduzida ou sem currículo científico após o doutoramento na área científica a que se candidata.
b. Investigador auxiliar (1.º escalão da categoria de investigador auxiliar da carreira de investigação científica): doutorados há mais de 5 anos, com currículo relevante na área científica a que se candidatam, mas com independência científica limitada.
c. Investigador principal (1.º escalão da categoria de investigador principal da carreira de investigação científica): doutorados há mais de 5 anos, com currículo relevante na área científica a que se candidatam, demonstrando independência científica nos últimos 3 anos.
d. Investigador coordenador (1.º escalão da categoria de investigador coordenador da carreira de investigação científica): doutorados há mais de 5 anos, detentores do título de habilitado ou agregado em Portugal, com currículo de mérito elevado na área científica a que se candidatam, demonstrando independência científica e com evidência de liderança na área científica a que se candidata.
 
Critérios de avaliação
A - Mérito do candidato (70%), do ponto de vista científico, tecnológico, cultural ou artístico, aferido pelo seu currículo: produção científica, tecnológica, cultural; as atividades de investigação aplicada; grau de internacionalização; gestão de programas e projectos de ciência, tecnologia e inovação; orientação científica; actividades de extensão e de disseminação do conhecimento
B - Mérito do plano de investigação (30%) a enquadrar na Agenda 2030 de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas: progresso em termos de estado-da-arte; adequação e razoabilidade da metodologia; qualidade das condições de acolhimento e adequação do projeto à estratégia de investigação da instituição de acolhimento. 
 
As candidaturas são avaliadas numa escala de 1 (um) a 10 (dez) valores em cada um dos dois critérios (A e B). 
 
O concurso está aberto de 30 de Janeiro de 2020 até 26 de Fevereiro de 2020 (17:00).
 
As candidaturas são submetidas eletronicamente, em língua inglesa, através da plataforma eletrónica a disponibilizar oportunamente.
 
Mais informações aqui.

 

Voltar